quarta-feira, 26 de abril de 2017

Minha Deusa da Lunação: 26/04 a 25/05/2017 - Ísis


No Egito, Ísis é considerada a grande mãe do universo.  Também foi adorada na época do Império Romano. O seu poder de cura é tão grande, que trouxe de volta à vida o seu marido, Osíris, quando o seu irmão, Set o assassinou e dividiu em vários pedaços. Ísis procurou cada pedaço de Osíris e com suas habilidades mágicas, conseguiu encontrá-los e ressuscitar o marido. E da união de Ísis e Osíris, nasceu Hórus, um deus de igual importância no Egito.

Busque o auxílio de Ísis sempre que precisar de acolhimento, cura e poder. Ísis também pode nos ajudar a resolver questões de vidas passadas.

Ótima lua nova a tod@s!

Mônica Azevedo


Oráculo consultado: “Oráculo Sagrado das Deusas”, de Kris Waldherr

segunda-feira, 3 de abril de 2017

Mês de Abril - dedicado a Vênus/Afrodite

Nesse fim de semana chegamos ao mês de Abril. O seu nome deriva do latim "Aprilis", que significa "abrir", numa referência à germinação, ao crescimento e aos botões das flores que abrem. Outra versão sugere que Abril seja derivado de "Aprus", o nome etrusco de Vênus/Afrodite, deusa do amor. Abril é o mês dedicado a essa divindade e em Roma, no dia 1º iniciava o festival "Venerália" dedicado à "Vênus, a trocadora de corações". A festa durava por todo o mês e rosas 🌹 e murtas eram oferecidas a Ela.

Hino Homérico VI - A Afrodite
"Canto à Afrodite imponente, bela e coroada de ouro, cujo domínio são as cidades cercadas por todo o mar de Chipre. Lá o hálito úmido do vento oeste a fez flutuar sobre as ondas do mar que geme alto em suave espuma, e lá as Horas de fios dourados deram-lhe alegremente as boas-vindas. Elas as vestiram com trajes celeste: em sua cabeça colocaram uma coroa bem tecida de ouro, e em suas orelhas furadas elas penduraram ornamentos de oricalco e ouro precioso, e adornaram-na com colares dourados sobre seu suave pescoço e seus seios brancos como a neve, jóias as quais as Horas de filetes dourados usavam elas mesmas sempre que iam à casa do pai se unirem às danças amáveis dos deuses. E, quando elas a tinham plenamente enfeitado, elas a trouxeram até os deuses, que a saudaram em boas-vindas quando a viram, dando-lhe as mãos. Cada um deles pediu para levá-la para casa e torná-la sua esposa, de tão grandemente deslumbrados com a beleza da Citéria de coroa violeta.
Saúdo-te, deusa docemente premiada, de olhos modesto! Conceda que eu possa ganhar a vitória nesta competição e dirigir a ti a minha canção. E agora eu me lembrarei de ti e outra canção também."
(traduções de Alexandra)


Obrigada,
Ana K.

terça-feira, 28 de março de 2017

Minha Deusa da Lunação – 27/03 a 26/04/ 2017: Aditi

Os seus pensamentos criam a realidade. Tenha consciência do que você escolhe
Na Índia, Aditi é considerada a criadora da vida. Pois foi Aditi que deu origem aos deuses e deusas; eles, por sua vez, trouxeram  tudo à consciência, criando assim o que consideramos realidade.

Esta deusa benigna e chamada de Mãe do Espaço porque deu à luz os planetas e estrelas. Algumas pessoas a associam com o céu infinito; apropriadamente, o seu nome se traduz como “ilimitado”

Seus filhos, conhecidos coletivamente como aditias, são associados aos doze meses do ano. Eles também simbolizam os doze signos do zodíaco, que, segundo alguns, controlam o destino.

Texto retirado do livro “Oráculo Sagrado das Deusas”, de Kris Waldherr

Ótima lua nova a tod@s!


Mônica Azevedo

Conselho da Semana - Lua Nova

Olá a tod@s!
O conselho para a semana de Lua Nova é:




*Criando Sucesso e Dinheiro - Deepak Chopra

Gratidão!
Ana K.

terça-feira, 21 de março de 2017

Outono...

Ontem tivemos a entrada do Outono.
Que esta estação possa nos proporcionar momentos de reflexão, de mudanças e desapego.
Ótima estação a todas!
Ana K.

domingo, 12 de março de 2017

Conselho da Semana - Lua Cheia

Olá a tod@s!
O conselho para a semana de Lua Cheia é:



*Criando Sucesso e Dinheiro - Deepak Chopra

Gratidão!
Ana K.

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

Minha Deusa da Lunação (26/02 a 27/03/2017) - Astarte


Nesta lua nova em Peixes, utilizei o “Oráculo Sagrado das Deusas” em busca de um aconselhamento e a deusa que surgiu para mim como orientação até a próxima lunação é Astarte. Compartilho aqui um texto sobre Astarte, retirado do “Livro Mágico da Lua”, de D. J. Conway :
“Astarte, a Rainha do Paraíso, era conhecida em todo o Oriente Médio, até mesmo entre os hebreus. Era a divindade principal da cidade de Sidon. Outro de seu muitos nomes era Astoreth. Assim como muitas outras divindades lunares, esta deusa era constantemente descrita usando Chifres da Lua Crescente ou tendo uma cabeça de novilha com chifres.
Astarte não era apenas uma deusa lunar do amor, mas também uma deidade de prosperidade. Até mesmo as mulheres de Israel eram admoestadas por oferecer bebidas, incenso e bolos lunares a Astarte. Seus bosques sagrados, onde viviam as sacerdotisas do amor, eram frequentados pelos homens. Os profetas de fogo e enxofre de Israel que tentavam forçar o culto do deus único ao povo só obtiveram sucesso após destruir os templos e cortarem as árvores dos bosques da Rainha do Paraíso Mas a deusa mergulhou no subsolo para parecer como parte da nova religião, na pele de Shekinah. Os cristãos ainda a conhecem como Maria, A Rainha dos Ceus.”
Ótima lunação a tod@s!


Mônica Azevedo

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Minha Deusa da Lunação – 27/01 a 26/02/ 2017: Xochiquetzal

"Reserve um tempo para apreciar todas as alegrias da vida"
Kris Waldherr



Os astecas, um povo que regeu um vasto império no México durante a Idade Média, acreditavam numa deusa das flores a quem chamavam de Xochiquetal. A flor sagrada da deusa era o cravo-de-defunto amarelo; seu nome significa “flor de penas”, numa referência às muitas pétalas em forma de penas de cravo-de-defunto. Uma  das mais felizes divindades astecas, Xochiquetzal também era a deusa da dança, da música, do artesanato e do amor. O seu irmão gêmeo, Xochipilli, era reverenciado como deus do prazer.

Xochiquetzal vivia no topo de uma montanha , acima dos nove céus. Esse jardim repleto de flores era povoado  por anões alegres, donzelas, dançarinas e músicos. Os astecas acreditavam que qualquer pessoa que fosse fiel à deusa passaria a eternidade no seu paraíso depois que a sua vida terminasse.

Texto retirado do livro “Oráculo Sagrado das Deusas”, de Kris Waldherr


Mônica Azevedo

linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...